Relações Internacionais

Em um mundo cada vez mais globalizado, torna-se fundamental a existência de profissionais que estejam aptos a analisar o cenário mundial, investigar mercados, avaliar as possibilidades de negócios e aconselhar investimentos no exterior, além de construir e promover estratégias de cooperação que proporcionem relações de mutualidade entre as instituições de diferentes países. A partir do entendimento da operação de recursos financeiros, humanos, econômicos e sociais, o aluno deste curso aprenderá como coordenar e supervisionar equipes de trabalho, bem como elaborar pareceres e projetos sobre assuntos internacionais de cunho político, econômico e comercial.

O Bacharelado em Relações Internacionais da UNIFACS tem como objetivo desenvolver internacionalistas capazes de analisar, planejar, gerir e avaliar estratégias e ações relativas ao intercâmbio e cooperação entre Estados e Instituições situadas em espaços nacionais distintos ou em ambientes transnacionais. Por meio de disciplinas teórico-práticas, o aluno poderá vivenciar o ambiente internacional e desenvolver as competências necessárias para sua atuação neste fascinante mercado. Convênios com instituições nacionais e internacionais fazem com que este desenvolvimento seja ainda mais rico.

Aliado a isso, o estudante do curso de Relações Internacionais da UNIFACS terá a possibilidade de estudar em uma universidade internacional que é parte da maior rede de ensino superior do mundo, a Laureate International Universities.

Na UNIFACS o estudante tem a possibilidade de estender a sua sala de aula pelos quatro cantos do mundo. Por meio do Programa Acadêmico de Mobilidade Internacional, o estudante pode cursar um semestre ou um ano em uma das universidades parceiras no exterior e na maioria delas sem custo adicional nas mensalidades do curso. Isto é um grande diferencial na formação de um internacionalista.

SALVADOR

Resolução CONSUNI nº 13/2015, de 30 de outubro de 2015.

FEIRA DE SANTANA

Ato Regulativo do Curso:

Ato da Reitoria nº 118/2018

O graduado em Relações Internacionais (internacionalista) estará habilitado a trabalhar em instituições internacionais, empresas públicas e privadas, empresas de comunicação (imprensa), empresas de consultoria, instituições financeiras nacionais e internacionais, que aumentam sua demanda por profissionais capazes de analisar as relações econômicas, políticas e jurídicas entre os Estados.

Além destes mercados, tem crescido a oferta de trabalhos de assessoria sobre questões internacionais a ministérios, partidos políticos, governos estaduais e locais, sindicatos e outras entidades. A área privada exige cada vez mais a presença de profissionais com o perfil do internacionalista. O curso oferece uma qualificação excelente para candidatos ao concurso público de ingresso na carreira diplomática, considerado extremamente competitivo.

Poderão atuar ainda em agências de cooperação estrangeiras que atuam no Brasil, como a JICA, IICA, organizações internacionais intergovernamentais, como o sistema ONU (PNUD, UNESCO, UNICEF, OMS), OEA, Banco Interamericano, Banco Mundial, FMI, OMC e em organizações não-governamentais brasileiras (que tenham programas de cooperação internacional) e estrangeiras que atuem no país.

ENERI BAHIA

Salvador, como primeira capital do Brasil, tem um papel fundamental na internacionalidade do país. Palco da cultura, diversidade e miscigenação, representa as Relações Internacionais em seus mais diversos aspectos. A cidade colorida com seus ritmos vibrantes, cores e amores irá sediar o maior evento estudantil de Relações Internacionais do Brasil, a 25ª Edição do ENERI.

Um convite a uma retrospectiva dos 100 anos de história das relações internacionais; somado a análise dos tradicionais assuntos da área e daremos espaço às novas correntes, propostas e perspectivas que englobam a nossa realidade.

Relações Internacionais Contemporâneas – Novas Alternativas e Novos Desafios, é um evento de alunos para alunos.

Para mais informações acesse o Instagram: Eneribahia

 

O NÚCLEO DE PRÁTICAS EM ECONOMIA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS

Nos cursos de Relações Internacionais e Economia, os alunos têm a oportunidade de expandir seu conhecimento além da sala de aula através do NERI (Núcleo de Práticas em Economia e Relações Internacionais). O NERI é um projeto de extensão que busca expandir os horizontes do estudante, trazendo debates e práticas nas mais diversas áreas que abrangem os dois cursos. O núcleo é coordenado pelo Prof. Felippe Ramos e sua atuação é desenvolvida pelos próprios estudantes, que se dividem nas Comissões de Organização, Comunicação e Eventos. Essa construção conjunta entre corpo docente e discente oportuniza aos alunos  uma participação ativa na construção e execução dos projetos desenvolvidos pelo NERI, formando, assim, economistas e internacionalistas mais autônomos, líderes e preparados para o mercado de trabalho.

Iniciativas do NERI:

Cine NERI: é um projeto com o intuito de assistir e debater filmes, expandindo, assim, os espaços do conhecimento para uma perspectiva mais criativa e analítica. Através dos filmes, podemos debater temas que perpassam aspectos sociais, políticos, econômicos, geopolíticos, dentre outros, da atualidade.

Newsletter: tem o proposito de divulgar, de maneira conjunta e resumida, os feitos do NERI, os eventos programados e as novidades do núcleo e de suas parcerias. A Newsletter é publicada mensalmente e pode ser encontrada no link disponível na bio do instagram do NERI.

Ciclo de Lives: em 2020, com o advento do novo coronavírus, as atividades foram transferidas para o ambiente virtual e com a impossibilidade em dar continuidade às palestras e debates presenciais, foi então criado o Ciclo de Lives. Esse projeto busca promover ambientes de discussão sobre conjuntura internacional e atualidades no Instagram do NERI, com professores da UNIFACS, integrantes do núcleo e convidados como o diplomata Paulo Roberto de Almeida, o economista Joel Pinheiro da Fonseca, colunista da Folha de São Paulo e da revista Exame, e o economista Paulo Nogueira Batista Jr, colunista da CartaCapital que foi vice-presidente do Banco dos BRICS em Xangai e diretor-executivo do FMI, em Washington.

Ciclo de Calls: consiste em videoconferências exclusivas para promover debates sobre fortes temas da conjuntura internacional com grandes nomes, como Cass Sunstein, Professor de Direito e Economia em Harvard e ex-assessor de Barack Obama, Otavio Canuto, Diretor do Centro para Macroeconomia e Desenvolvimento (Washington DC), Thiago de Aragão, Diretor da Arko Advice e Monica de Bolle, professora de Economia na Universidade John Hopkins em Washington.

Brasileiros pelo Mundo: com o objetivo de entender melhor os aspectos da pandemia de Coronavírus ao redor do mundo, o NERI buscou brasileiros que estivessem morando em outros países para contar um pouco sobre como estão passando por essa situação. Os vídeos estão sendo divulgados através do IGTV, no instagram do NERI.

Além das iniciativas supracitadas, o núcleo possui também importantes parcerias com outros projetos desenvolvidos por estudantes da Universidade Salvador. Dentre eles estão a Chronos International Solutions, centro de desenvolvimento de habilidades corporativas, a LEPE – Liga de Estudos Políticos e Econômicos, liga acadêmica da escola de negócios da UNIFACS, o NUCEMF – Núcleo de Conjuntura Econômica e Mercado Financeiro, o Reprograma, iniciativa da empresa SOLUX voltada a educação financeira para todas as idades, a World Review Magazine (WR), revista de análise de conjuntura internacional, tendências mundiais e atualidades, que produz também podcasts e conteúdo de TV e o ENERI-BA, Encontro Nacional de Estudantes de Relações Internacionais em Salvador, Bahia, 2021.

Para saber mais sobre o NERI, o núcleo está presente também no instagram (@neri.unifacs) e no youtube (youtube.com/neriunifacs), buscando sempre manter seus seguidores atualizados das atividades e acontecimentos mais relevantes no cenário internacional. Além disso, o NERI pode ser também contactado através do e-mail [email protected]

 

OUTRO PROJETO DE DESTAQUE:

Centro de Serviços ao Migrante (O Refúgio em Salvador). Sob coordenação da Profa. Rafaela Ludolf o projeto dá apoio a migrantes e refugiados de países como Venezuela, Síria, Moçambique, entre outros.

https://atarde.uol.com.br/muito/noticias/2047997-rafaela-ludolf-nao-e-uma-crise-humanitaria-e-uma-crise-de-humanidade

http://metro1.com.br/noticias/cidade/40885,curso-de-portugues-e-oferecido-gratuitamente-a-refugiados-em-salvador.html

Prof.ª Me. Rafaela Ludolf

IMG_20171203_221025_000Internacionalista, Especialista em Gestão de Projetos (FGV), Mestre e cursando o Doutorado em Desenvolvimento Regional e Urbano (Unifacs). Coordenadora dos Cursos de Graduação em Economia e Graduação em Relações Internacionais da Unifacs – Laureate International Universities; onde também coordena o Centro de Serviços ao Migrante (antigo Projeto de Extensão Comunitária: “O Refúgio em Salvador”) que atende pessoas migrantes e em situação de refúgio na cidade de Salvador (Bahia) e Iniciação Científica com trabalhos na área de migrações, direitos humanos e fluxos forçados. Pesquisadora no Grupo de Pesquisa em “Política e Epistemes”; atualmente pesquisando temas relacionados a: Relações Internacionais; Direitos Humanos; Políticas Públicas, Migrações e Refugiados.

Link para o Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1314216970156723

Contato: [email protected]

DISCIPLINA Carga Horária
1º semestre 352 horas
DIREITO 66 horas
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS 66 horas
HISTÓRIA DO MUNDO MODERNO 66 horas
SOCIOLOGIA DAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS 66 horas
COMUNICAÇÃO 88 horas
2º semestre 352 horas
HISTÓRIA DAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS 66 horas
CIÊNCIA POLÍTICA E TEORIA DO ESTADO 66 horas
FUNDAMENTOS DE ECONOMIA 66 horas
METODOLOGIA CIENTÍFICA 88 horas
TEORIAS CLÁSSICAS DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS 66 horas
3º semestre 352 horas
DIREITO INTERNACIONAL 66 horas
SISTEMAS POLÍTICOS 66 horas
ECONOMIA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA 66 horas
TEORIA CLÁSSICA DAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS 66 horas
ANTROPOLOGIA E CULTURA BRASILEIRA 88 horas
4º semestre 352 horas
FUNDAMENTOS DO COMÉRCIO INTERNACIONAL 66 horas
DESAFIOS CONTEMPORÂNEOS 88 horas
ORGANIZAÇÕES E INSTITUIÇÕES INTERNACIONAIS 66 horas
MODELOS DE ANÁLISE DE POLÍTICA EXTERNA 66 horas
GEOPOLÍTICA E GEOESTRATÉGIA 66 horas
5º semestre 352 horas
SISTEMA FINANCEIRO INTERNACIONAL 66 horas
FORMAÇÃO DA POLÍTICA EXTERNA DO BRASIL 66 horas
DESENVOLVIMENTO HUMANO E SOCIAL 88 horas
SEGURANÇA E CONFLITOS INTERNACIONAIS 66 horas
INTEGRAÇÃO REGIONAL 66 horas
6º semestre 330 horas
SIMULAÇÃO DE NEGOCIAÇÕES INTERNACIONAIS 66 horas
TÓPICOS AVANÇADOS EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS 66 horas
OPTATIVA I 66 horas
POLÍTICA EXTERNA DO BRASIL E O DESENVOLVIMENTISMO 66 horas
ECONOMIA POLÍTICA INTERNACIONAL 66 horas
7º semestre 264 horas
PARADIPLOMACIA E DIPLOMACIA CORPORATIVA 66 horas
ANÁLISE DE CONJUNTURA INTERNACIONAL 66 horas
POLÍTICA EXTERNA CONTEMPORÂNEA DO BRASIL 66 horas
OPTATIVA II 66 horas
8º semestre 348 horas
TEMAS DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS DA AMÉRICA LATINA 66 horas
TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 132 horas
ATIVIDADES COMPLEMENTARES 150 horas
Resumo
Carga horária total do curso 2702 horas
Clique aqui e confira o Corpo Docente
Vestibular DigitalUse seu ENEMTransfira seu curso

DETALHES

Duração: 4 anos

Turnos e Valores:

Salvador – Campus Tancredo Neves
Av. Tancredo Neves, 2131, Caminho das Árvores
CEP: 41820-021
E-mail: [email protected]

  • (71) 3206-6509

Matutino – R$ 1.330,00
(PRESENCIAL)

Feira de Santana – Campus Santa Mônica
Rua Rio Tinto, 152, Santa Mônica,
Feira de Santana – BA

Matutino – R$ 675,00
Noturno – R$ 675,00
(PRESENCIAL)

PROJETO PEDAGÓGICO

Salvador

Fale via WhatsApp

Deseja mais informações sobre nossos cursos? Entre em contato

WhatsApp