Aluno de Engenharia Civil desenvolve dispenser ecológico de álcool em gel para canteiros de obras em Feira de Santana

Aluno de Engenharia Civil desenvolve dispenser ecológico de álcool em gel para canteiros de obras em Feira de Santana

Em tempos de coronavírus, soluções que ajudem na contenção do vírus são sempre bem-vindas. Se unir prevenção à sustentabilidade, ainda melhor. Em Feira de Santana, a ideia de um estudante de Engenharia Civil de criar um dispenser de álcool em gel com pedal para canteiros de obras é um exemplo disso.

Rafael Silva tem 21 anos e está no 6º semestre do curso na UNIFACS em Feira de Santana, onde desenvolveu o projeto a partir das aulas remotas, como parte de um trabalho para a universidade. Montado com sobras de tubos de PVC, o equipamento é acionado com o pé, evitando assim o contato com as mãos, que – se contaminadas – podem levar o vírus para o organismo.

Entre os destaques da iniciativa, estão o baixo custo, já que foi produzido com material reciclado, e sua eficácia na prevenção do coronavírus. Ao levar o projeto para o canteiro de obras onde faz estágio, Rafael conta que teve o objetivo de testar e observar o funcionamento e o mecanismo do projeto. “Eu quis verificar a eficácia do dispenser na prática e foi um sucesso”, comemora.

dispenser2
O jovem explica que grande parte dos colaboradores da área da construção civil não tem acesso a equipamentos muito tecnológicos, por isso pensou em desenvolver algo simples para que pudesse ter boa adesão entre esse público.
“Eu me inspirei em outros modelos na internet e utilizei sobras de materiais da própria obra, o que possibilitou um custo menor para a produção de mais equipamentos”, afirma.

O estudante acrescenta que a ideia agora é aprimorar a resistência do material e também levar para outros canteiros de obras. Mestre na área de Petróleo e Energia, o professor da UNIFACS Feira de Santana, Nestor Gálvez Ronceros, acompanhou o desenvolvimento do projeto e parabeniza a iniciativa.

“Rafael trouxe uma boa ideia para colocar em prática, sabendo que, na obra onde estagia, muitos ainda não estavam conscientes do uso do álcool em gel”, comenta o professor. Ele destaca que os desafios lançados aos estudantes nas disciplinas dentro da UNIFACS têm promovido soluções úteis para o combate e a prevenção do coronavirus, unindo teoria à prática do conhecimento.


maira.cortes

Fale via WhatsApp