Núcleo de Acessibilidade da UNIFACS (NAU) apoia campanha do Instituto de Cegos da Bahia

Núcleo de Acessibilidade da UNIFACS (NAU) apoia campanha do Instituto de Cegos da Bahia

O Núcleo de Acessibilidade da UNIFACS (NAU), está apoiando a campanha do Instituto de Cegos da Bahia (ICB), em ações que estão sendo desenvolvidas por meio do projeto Solidareasy (Fellow do PLB/Unifacs 2017), para captação de voluntários da UNIFACS que possam atuar na Campanha, nos quatro postos instalados pelo instituto: Prédios da UNIFACS, Salvador Shopping, Ceasa do Rio Vermelho e Arena Fonte Nova (apenas nos jogos BaxVi).

Para dar ainda mais visibilidade a todo o trabalho realizado na área de saúde, educação e assistência social, bem como levantar recursos para manter e ampliar o serviço de diagnóstico, prevenção, habilitação, reabilitação e inclusão social o ICB apresenta a sua primeira grande campanha institucional, que vai impactar pela originalidade.

Além da criação de uma nova marca, totalmente repaginada, a ação conta com o apoio e parceria de um nome de peso do cenário musical: o cantor e compositor Carlinhos Brown. Ele abraçou a causa do Instituto e abriu as portas do seu estúdio em Salvador para a gravação da campanha que está sendo veiculada nos mais importantes veículos de comunicação da cidade.

A campanha conta também conta com o apoio voluntário de empresas como a Agência Morya, Texto & Cia, Agência Dendê, Rede Bahia, Lícia Fábio Produções, entre outros.

“Graças a pessoas que acreditam e contribuem com nossos projetos, podemos proporcionar uma melhor qualidade de vida e promover a inclusão de pessoas com deficiência visual”, afirma a presidente do Instituto de Cegos da Bahia, Heliana Diniz.

 O trabalho terá as seguintes frentes de atuação:

  • Estímulo à doação por parte de pessoas físicas, que poderão doar através do site do Instituto, telefone, depósito ou transferência para contas correntes que serão divulgadas nos diversos veículos de comunicação;
  • Ação em postos que serão montados nos shoppings, faculdades e outros locais estratégicos da cidade, que funcionarão como centrais de doação e/ou como ponto de venda de produtos personalizados;
  • Grupo de apoiadores, onde pessoas que apoiam voluntariamente a causa também ajudarão na mobilização em prol do Instituto;
  • Engajamento de empresas, que pode ocorrer através da campanha de doação entre os funcionários, clientes, fornecedores e parceiros; e doações diretas com patrocínio para a campanha e/ou apoio aos projetos do ICB.

“A solidariedade é contagiosa. O que estamos fazendo é proporcionar às pessoas oportunidades de praticar o bem”, declara a assessora de Captação de Recursos, Consuelo Alban.

História

O ICB foi fundado em 30 de abril de 1933 pela vontade do professor Alberto de Assis em amparar deficientes visuais que viviam pelas ruas da capital baiana sem qualquer tipo de assistência. Atualmente, a instituição realiza cerca de 7.000 procedimentos mensais a crianças, adolescentes, adultos e idosos baianos e de outros estados com baixa visão, cegueira, surdocegueira e múltipla deficiência. Também são oferecidos serviços nas áreas de tecnologia, música e esporte, com equipes especializadas.

Para saber mais sobre a história e o trabalho do ICB, acesse o site oficial – www.institutodecegosdabahia.org.br

Colaboração

Para manter toda essa estrutura funcionando de maneira adequada e melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência visual, o ICB precisa do apoio de pessoas e empresas que acreditam na sua causa

Qualquer pessoa, em qualquer época do ano, pode ajudar o Instituto de Cegos da Bahia.

A colaboração pode ser financeira:

  • Através do site do ICB – www.institutodecegosdabahia.org.br
  • Depósito em conta (ver dados abaixo).
  • Telefone (71) 3016-8100

Dados bancários:

Banco Bradesco Banco do Brasil Banco Itaú

Agência: 3662-5 Agência: 3457-6 Agência: 8657

C/C: 0402121-5 C/C: 127.840-1 C/C: 29243-2

CNPJ 15208044/0001-89

Para mais informações, entre em contato com Consuelo Alban, assessora de Captação de Recursos do ICB através dos telefones 98860-4357/ 3017-1806 ou e-mail consueloalban@institutodecegosdabahia.org.br


Yuri Girardi