Essa é a hora de cursar

Engenharia Química

na UNIFACS.

Inscreva-se
v2-Banner-TelefoneNovo-UNIFACS

Engenharia Química

curso-de-engenharia-quimica-na-unifacs

Engenharia Química é a área que se dedica à concepção, ao desenvolvimento, dimensionamento, melhoramento e à aplicação dos Processos Químicos e dos seus Produtos. Neste âmbito, inclui-se a análise econômica, o dimensionamento, a construção, a operação, o controle e a gestão das Unidades Industriais que concretizam esses Processos, assim como a investigação e a formação nesses domínios (American Institute of Chemical Engineers). Logo, o Engenheiro Químico é o profissional que elabora, executa e controla projetos de instalação e expansão de indústrias químicas. Ou seja, é ele quem participa de todas as etapas do processo de produção e transformação físico-química de substâncias em escala industrial.

O curso de Engenharia química da UNIFACS oferece aos seus estudantes condições para o desenvolvimento de uma sólida base técnico-científica, formação necessária à execução das atividades desenvolvidas pelo Engenheiro Químico – além da formação de profissionais empreendedores, dotados de conhecimentos técnicos, também aptos para gerir negócios, fator de destaque em um mercado competitivo.

Dentre os diferenciais do curso podemos destacar os seguintes programas:

– Projeto Acadêmico interdisciplinar (PAI) : Programa que promove a interação entre diferentes disciplinas em um mesmo projeto, oferecendo ao aluno uma visão ampla e sistêmica do curso, e desenvolvendo novas habilidades como trabalho em equipe, criatividade e inovação;

– LABORATÓRIOS DE PESQUISA: Diversos laboratórios de pesquisa como o Laboratório de Petróleo e Gás, o Laboratório de Catálise e Meio Ambiente, o Laboratório de Energética Química e o Laboratório de Processos industriais, montados com recursos obtidos através de projetos com órgãos de fomento, tais como CNPq, FAPESB, FINEP, CAPES, ANP e da própria Universidade, dão oportunidade para inúmeros grupos desenvolverem projetos relevantes e criam condições para os alunos desenvolverem trabalhos de Iniciação Científica e interagirem com os alunos dos Programas de Mestrado e de Doutorado.

– Projeto acadêmico de pesquisa (PAPEQ): Visa o contato do aluno com o mundo científico, inicialmente através de um ciclo de palestras com temas voltados para as áreas de pesquisa em desenvolvimento na UNIFACS e, posteriormente, com a inserção dos alunos nos projetos desenvolvidos nos laboratórios de pesquisa da Instituição, juntamente com os professores pesquisadores, que orientam os trabalhos e preparam os alunos para a pesquisa acadêmica associada ao desenvolvimento de tecnologia e novos materiais;

– LABORATÓRIO DE PROCESSOS INDUSTRIAIS: Equipado com planta-piloto constituída de equipamentos utilizados na indústria, como válvulas de controle, bombas, tanque, sistema de controle e automação, que permitem a simulação de um processo real para utilização em aulas práticas de engenharias para inúmeras disciplinas, facilitando a visualização e o contato do aluno com o processo industrial.

– Curso de Proficiência: Geralmente os alunos apresentam grande dificuldade nos conteúdos adquiridos no 2º grau. No intuito de sanar esta deficiência a Universidade, no inicio de cada semestre promove um curso para reforço nas disciplinas de matemática e física, para revisão dos conteúdos do ensino médio, preparando o aluno para os novos conceitos da Universidade.

– Escola de Química E2Q: A Escola de Engenharia Química é um evento idealizado pelo Diretório Acadêmico de Engenharia Química da UNIFACS, com o apoio da coordenação de Engenharia Química. O evento tem como finalidade reunir estudantes de diversas instituições de ensino superior em Engenharia Química, Engenharia Ambiental, Química Industrial e alunos de outros cursos de graduação, assim como estudantes de cursos tecnológicos, de toda a região, para palestras, visitas técnicas e minicursos.

– PÓS-GRADUAÇÃO: Além dos cursos de pós-graduação lato sensu e stricto sensu, como o Mestrado em Regulação da Indústria de Energia, oferecidos pela UNIFACS, existe, especificamente na área da Engenharia Química, o Doutorado multiinstitucional em Engenharia Química (convênio com o Departamento de Engenharia Química da UFBA), o único do estado da Bahia.

Curso disponível em:

SALVADOR

Ato Regulatório do Curso:

Renovação de Reconhecimento, Portaria Ministerial nº 286, de 21.12.2012 – D.O.U. 27.12.2012

A principal característica do Engenheiro Químico é a abrangência da sua atuação nas mais diversas áreas da cadeia produtiva. Áreas como a petroquímica, de alimentos, farmacêutica, de cimento, mineral, siderúrgica e de produtos químicos industriais, cosméticos e polímeros são alguns dos exemplos de onde este profissional pode atuar. Nessas indústrias, o Engenheiro Químico presta consultorias, elabora projetos e é responsável por processo, produção e qualidade de produtos, além da parte de pesquisa e desenvolvimento.

Os campos de atuação mais frequentes são as indústrias dos setores de:

  • Química e Petroquímica;
  • Açúcar e Álcool;
  • Farmacos e Química Fina;
  • Alimentos e Bebidas;
  • Papel e Celulose;
  • Materiais de Construção, Plásticos, Refratários e Cerâmicos;
  • Fertilizantes;
  • Tintas e Vernizes;
  • Cosméticos e Perfumes.

Nesse contexto, o engenheiro químico poderá se ocupar de áreas como:

  • Engenharia de Processos e de Produção;
  • Engenharia Ambiental;
  • Automação industrial;
  • Bioengenharia;
  • Engenharia de Segurança;
  • Pesquisa, Desenvolvimento e Docência.
  • Gerência de Tecnologia e Economia de Processos;
  • Vendas Técnicas.



Mercado de trabalho

O mercado de trabalho para o engenheiro químico no Brasil encontra-se em expansão, com bom potencial de crescimento para os próximos anos. Devido à gama de áreas de atuação, o profissional com boa formação teórica e bons conhecimentos de química e ciências exatas tem espaço garantido neste promissor mercado. Para se ter uma idéia, há poucos engenheiros com especialização em química. Como se pode perceber, o número de profissionais se formando nesta área ainda é pequeno quando comparado com outras profissões mais procuradas, o que abre espaços no mercado para estudantes de qualidade.

Entre os setores que mais crescem estão a área de automação e controle, que implementa a automatização dos processos produtivos com a redução de defeitos e padronização da produção; a biotecnologia, que é o estudo e desenvolvimento de organismos geneticamente modificados e sua utilização para fins produtivos; e também a área de petroquímica, que desenvolve estudos e projetos ligados ao petróleo.

Os engenheiros químicos podem encontrar emprego numa grande variedade de organizações. No setor privado, em indústrias químicas, agroalimentares, cerâmicas, vidreiras, têxteis, petrolíferas, siderúrgicas, de celulose, de cosméticos e perfumaria, farmacêuticas; em empresas de serviços: empresas de consultoria na área do ambiente, por exemplo. No setor público, as possibilidades de trabalho surgem, sobretudo, nas câmaras municipais, nos laboratórios de investigação e nos estabelecimentos de ensino secundário ou superior.

Links interessantes

Associações:

Associação Brasileira da Engenharia Química
http://www.abeq.org.br

Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia da Bahia.
http://www.creaba.org.br 

Associação Brasileira da Indústria Química
http://www.abiquim.org.br

Revistas e Periódicos Nacionais

Editora Química e Derivados – Revistas : Plástico Moderno e Química e Derivados, Guia Geral de Produtos Químicos, Anuário Brasileiro do Plástico, Guia do Laboratório, Cadastro Brasileiro da Química.
http://www.qd.com.br

Journal of Brazilian Chemical – Society members.tripod.com/~collatio – ReGEQ – Revista de Graduação de Engenharia Química.
http://jbcs.sbq.org.br

Sociedade Brasileira de Química.
http://www.sbq.org.br/

Instituições de C&T

AEB – Agência Espacial Brasileira
http://www.aeb.gov.br/

ANA – Agência Nacional de águas
http://www.ana.gov.br/

CBPF – Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas
http://www.cbpf.br/

CTA – Comando-Geral de Tecnologia Aeroespacial
http://www.cta.br/

Ibama – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis
http://www.ibama.gov.br/

IBICT – Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia
http://www.ibict.br/

INEP – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
http://www.inep.gov.br/

INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais
http://www.inpe.br/

ITA – Instituto Tecnológico de Aeronáutica
http://www.ita.cta.br/

RNP – Rede Nacional de Ensino e Pesquisa
http://www.rnp.br/

Ministérios

Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT)
http://www.mct.gov.br/

Ministério do Meio Ambiente (MMA)
http://mma.gov.br/

Ministério da Saúde
http://www.saude.gov.br/

Ministério da Educação
http://portal.mec.gov.br/

Prof. Diniz Alves de Sant’Ana Silva

  • Doutorando em Engenharia Química pelo programa de Doutorado Multiinstitucional UFBA-UNIFACS;
  • Mestre em Química pela Universidade Estadual da Bahia (2009);
  • Bacharel em Engenharia Química pela Universidade Salvador UNIFACS (2006);
  • Atua como professor Adjunto do curso de Engenharia Química da Universidade Salvador – UNIFACS, desde 2007, sendo desde então Professor nas áreas de Química Geral, Físico-Química, Processos Químicos e Termodinâmica;
  • Experiência na industria química (DOW Química, 1998-2006), atuando nas áreas de Operações e laboratorio de controle de qualidade e ambiental;
  • Pesquisador dos Grupos de Pesquisa: Centro de Estudo e Captura de CO2 – CECAP, onde realiza trabalhos na área de modelagem e simulação para processo de adsorção e do grupo de pesquisa em nanotecnologia, onde desenvolve pesquisa na area de síntese de materiais nanoparticulados para catálise;
  • Tem registro de patente na área de nanotecnologia, sendo ainda Professor Orientador de Engenharia Química na UNIFACS, para alunos voluntários de inciação científica.


1º semestre

  • Cálculo I
  • Química Geral I
  • Introdução a Engenharia
  • Geometria Analítica e Álgebra Linear
  • Comunicação Profissional
  • Atividades Complementares


2º semestre

  • Cálculo II
  • Físico Química I
  • Física – Mecânica
  • Expressão Gráfica
  • Desafios Contemporâneos
  • Atividades Complementares


3º semestre

  • Cálculo III
  • Química Inorgânica I
  • Física – Ondas e Calor
  • Algoritmos e Programação
  • Desenvolvimento Humano e Social
  • Atividades Complementares


4º semestre

  • Física – Eletricidade
  • Cálculo Numérico
  • Química Inorgânica II
  • Ciência e Tecnologia dos Materiais
  • Termodinâmica I
  • Atividades Complementares


5º semestre

  • Físico Química II
  • Química Orgânica I
  • Termodinâmica II
  • Processos Químicos
  • Fenômenos de Transporte I
  • Estágio


6º semestre

  • Transferência de Calor
  • Fenômenos de Transporte II
  • Química Orgânica II
  • Termodinâmica III
  • Probabilidade e Estatística
  • Mecânica dos Sólidos
  • Atividades Complementares


7º semestre

  • Transferência de Massa
  • Operações Unitárias I
  • Química Analítica
  • Cinética e Reatores Homogêneos
  • Optativa
  • Atividades Complementares


8º semestre

  • Processos Industriais
  • Operações Unitárias II
  • Operações Unitárias III
  • Cinética e Reatores Heterogêneos
  • Metodologia Científica
  • Atividades Complementares


9º semestre

  • Planejamento de Processos
  • Simulação de Processos
  • Controle de Processos
  • Operações Unitárias IV
  • Antropologia e Cultura
  • Trabalho de Conclusão de Curso
  • Atividades Complementares


10º semestre

  • Gestão das Organizações
  • Engenharia Bioquímica
  • Projetos Industriais
  • Ergonomia, Higiene e Segurança no Trabalho
  • Atividades Complementares


Matriz-EngQuimica

DETALHES

Duração: 5 anos

Turnos e Valores:

Salvador – Rio Vermelho
Matutino – R$ 1.265,15  **
Vespertino – R$ 1.138,63 **
Noturno – R$ 1.265,15 **

ONDE ESTUDAR

Salvador

Campus Rio Vermelho – Prédio de Aulas 6
Av. Juracy Magalhães Junior, nº 209 – Rio Vermelho.
Salvador/Bahia CEP: 41.940-060.

Prédio de Aulas 7
Rua Vieira Lopes, nº. 2 – Rio Vermelho
Salvador – Bahia – CEP: 41.940-560.
Tel.: (71) 3330-4361 / FAX: 3330-4660

E-mail: engquimica@unifacs.br

VEJA TAMBÉM

  • Graduação Tecnológica
  • Graduação Semipresencial
  • EAD
  • Pós-Graduação
  • Cursos Técnicos