Essa é a hora de cursar

Engenharia Mecatrônica

na UNIFACS.

Inscreva-se

Engenharia Mecatrônica

curso-de-engenharia-mecatronica-na-unifacs

A Mecatrônica é o ramo da Engenharia que utiliza a mecânica e a eletrônica, com auxílio de sistemas computacionais, para fabricação de produtos e controle de processos industriais e comerciais.

O curso de Engenharia Mecatrônica da UNIFACS tem como objetivo geral formar profissionais com sólida formação acadêmica, com competências e habilidades para atuar, isoladamente ou em equipe, em atividades relacionadas ao projeto, construção, operação e manutenção de máquinas e produtos de operação autônoma, processos computacionais para planejamento, programação, gerenciamento e controle da produção, desenvolvimento de produtos da engenharia mecatrônica e sistemas de controle automático de equipamentos, de microcontrole e microprocessamento, bem como no planejamento, definição e gestão de sistemas e métodos de produção, integração do processo de projeto e manufatura e processos industriais de produção mecânica.

Este profissional estará, ainda, habilitado para exercer funções em diferentes setores profissionais e para participar ativamente no desenvolvimento socioeconômico regional.

Com uma proposta pedagógica moderna, o curso promove o programa de trabalhos interdisciplinares ARHTE (Arquimedes, Robert Hooke & Thomas Edison). Desde o primeiro semestre, o ARHTE (http://www.arhte.unifacs.br) tem como objetivo incentivar a aplicação prática dos conceitos teóricos abordados em sala e a pesquisa autodidata para a concepção e construção de protótipos, tornando o curso mais divertido e desafiador para o aluno, que desde cedo pode realizar atividades nas áreas de robótica, automação e tecnologia em geral.

Os estudantes são estimulados a participar de competições, como o sumô e o futebol de robôs, promovidas por diversas instituições do País e do mundo. Competições deste tipo são o ponto de partida para a criação de projetos comercialmente viáveis, proporcionando aos futuros engenheiros se desenvolverem não somente em termos técnicos, mas também como empreendedores.

A UNIFACS possui 38 grupos de pesquisa cadastrados no CNPq, sendo que 19 deles fazem parte da grande área de Engenharias & Ciência da Computação. A Engenharia Mecatrônica atua fortemente com o Grupo de Mecatrônica e Robótica (GMR – www.gmr.unifacs.br), no qual os alunos têm a oportunidade de desenvolver projetos de iniciação científica.

Outra vantagem do curso é a possibilidade de migração entre os cursos de Engenharia da UNIFACS até o 4º semestre.


Atenção: Os egressos do curso de Engenharia Mecatrônica ofertado pela Universidade Salvador – UNIFACS são diplomados como Engenheiros Mecatrônicos, todavia, não são registrados no CONFEA/Crea como Engenheiros Mecatrônicos. O registro que CONFEA/Crea fornece ao egresso do curso de Engenharia Mecatrônica ofertado pela Universidade Salvador – UNIFACS é o de Engenheiro de Controle e Automação, com todas atribuições profissionais desta titulação.

Cumpre destacar que, conforme decisão CEEE/BA nº 0294 (Processo n. 2011.17469), proferida pela Câmara Especializada do CREA/BA, o curso de Engenharia Mecatrônica ofertado pela Universidade Salvador – UNIFACS encontra-se devidamente cadastrado, por atender todos os requisitos necessários.

Por fim, o curso de Engenharia Mecatrônica ofertado pela Universidade Salvador – UNIFACS encontra-se regular perante ao Ministério da Educação – MEC, como pode ser constatado no site http://emec.mec.gov.br.

Curso disponível em:

SALVADOR

Ato Regulatório do Curso:

Reconhecido pela Portaria Ministerial nº 363, de 23.08.2011 – D.O.U. de 25.08.2011

A demanda por profissionais da Mecatrônica é crescente. Isto ocorre em consequência da automatização dos processos de fabricação industriais. A área de atuação é diversificada, o bacharel pode trabalhar com processos e produtos mecatrônicos existentes em indústrias como automobilística, aeronáutica, naval, eletroeletrônica, energia, processos, petroquímica, petróleo e gás e até mesmo médica.

O egresso estará habilitado a exercer funções em empresas públicas ou privadas, na indústria, comércio e prestação de serviços de engenharia, incluindo a gerência da produção industrial, a administração de negócios. Além disso, deverá ser capaz de comunicar-se com clientes, fornecedores, empregadores, proprietários, governo e demais colaboradores das organizações.

Destaques


De acordo com o diagnóstico do professor doutor José Roberto Cardoso, vice diretor da Escola Politécnica da USP, o Brasil errou em seu planejamento estratégico, resultando na importação de engenheiros de outros países. Destaque para os números: com a criaçao do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC, serão necessários, em média, 200 mil engenheiros nos próximos quatro anos – mas o Brasil forma apenas 26 mil engenheiros por ano. Confira na íntegra a entrevista clicando aqui ou na imagem abaixo.


Fonte: Revista Bradesco nº 222 (Junho / Julho / Agosto de 2008).

Fonte: Revista Bradesco nº 222 (Junho / Julho / Agosto de 2008).

DISTRITOS INDUSTRIAIS DA BAHIA

O curso de Engenharia Mecatrônica da UNIFACS tem seu foco no mercado regional, o que possibilita a inserção dos egressos do curso nas empresas locais, em sua grande maioria. Porém , o curso proporciona também a exploração do mercado nacional e internacional. Os engenheiros mecatrônicos da UNIFACS são profissionais completos, com formação técnica e humanista de acordo com um projeto pedagógico consistente. Nas figuras 1 e 2 são ilustrados os principais pólos industriais existentes no estado da Bahia.

Fonte: Uma Agenda para a Indústria da Bahia (2007 - 2010). Anexo -

Figura 1: Pólos industriais na Bahia.

Fonte: Uma Agenda para a Indústria da Bahia (2007 - 2010). Anexo -

Figura 2: Detalhes para os Pólos Industriais próximos à capital Salvador.

Fonte: Uma Agenda para a Indústria da Bahia (2007 - 2010). Anexo -

Figura 3: Principais atividades desenvolvidas nos pólos industriais na Bahia.

A partir da base de dados da Federação das Industrias do Estado da Bahia – FIEB, disponível on line, podem ser encontrados detalhes sobre os principais produtos exportados pela Bahia, conforme a Tabela 5, informando inclusive a variação em % do biênio 2007 e 2008. Na mesma base de dados, podem ser verificados os principais produtos exportados pelo Brasil. Acompanhar as informações industriais (empresas exportadoras e importadoras, destino e origem das negociações, insumos, produtos, etc.) disponíveis nos relatórios é fundamental para o planejamento acadêmico e profissional, indicando o caminho para empreender.

Fonte: Acompanhamento Conjuntural - Edição Especial 2008/2009. Federação das indústrias do estado da Bahia - FIEB. SDI - Superintendência de Desenvolvimento Industrial.

Fonte: Acompanhamento Conjuntural – Edição Especial 2008/2009. Federação das indústrias do estado da Bahia – FIEB. SDI – Superintendência de Desenvolvimento Industrial.

Fonte: Acompanhamento Conjuntural - Edição Especial 2008/2009. Federação das indústrias do estado da Bahia - FIEB. SDI - Superintendência de Desenvolvimento Industrial.

Fonte: Acompanhamento Conjuntural – Edição Especial 2008/2009. Federação das indústrias do estado da Bahia – FIEB. SDI – Superintendência de Desenvolvimento Industrial.




“É na crise que nascem as invenções, os descobrimentos e as grandes estratégias. Quem supera a crise, supera a si mesmo sem ficar superado.” (Albert Einstein)

Prof. Murilo Plínio Nogueira Ribeiro M.Sc.

  • Mestre em Engenharia Mecatrônica, na área de Sistemas Embarcados, pela Universidade Federal da Bahia (UFBA 2010);
  • Engenheiro de Automação e Controle (2007);
  • Professor da UNIFACS desde 2009, ministrando disciplinas na área de programação, eletrônica e automação, tais como: Microcontroladores e Aplicações, Programação de Sistemas Embarcados, Elementos de Automação e Robótica, Elementos de Automação e Controle, Sistemas Eletrônicos, Sistemas Digitais para os cursos de Engenharia de Computação, Produção, e Mecatrônica;
  • Experiência em gestão de tecnologia industrial e no desenvolvimento de soluções de software e hardware voltadas para controle, automação, rastreabilidade e monitoramento de processos produtivos;
  • É pesquisador no desenvolvimento de soluções para o diagnóstico e tratamento na área médica, em especial para portadores de Parkinson;
  • Tem registro de patente de um sistema embarcado para diagnóstico e tratamento de Parkinson;
  • Endereço para acessar o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/7730799695633664

1º semestre

  • Cálculo I
  • Introdução a Engenharia
  • Algoritmos e Programação
  • Química Geral
  • Comunicação Profissional
  • Atividades Complementares


2º semestre

  • Cálculo II
  • Física – Mecânica
  • Linguagem de Programação
  • Geometria Analítica e Álgebra Linear
  • Expressão Gráfica
  • Desafios Contemporâneos
  • Atividades Complementares


3º semestre

  • Física – Eletricidade
  • Mecânica dos Sólidos
  • Estrutura de Dados com Orientação a Objetos
  • Cálculo III
  • Sistemas Digitais
  • Desenvolvimento Humano e Social
  • Atividades Complementares


4º semestre

  • Circuitos Elétricos I
  • Microcontroladores e Aplicações
  • Cálculo Numérico
  • Ciência e Tecnologia dos Materiais
  • Cálculo IV
  • Atividades Complementares


5º semestre

  • Eletrônica Analógica
  • Fenômenos de Transporte I
  • Eletromagnetismo
  • Sinais e Sistemas
  • Estágio


6º semestre

  • Controle I
  • Acionamentos e Motores Elétricos
  • Resistência dos Materiais I
  • Redes Industriais
  • Probabilidade e Estatística
  • Atividades Complementares


7º semestre

  • Controle II
  • Elementos de Máquinas e Mecanismos
  • Automação e Instrumentação
  • Processos de Fabricação Mecânica I
  • Optativa
  • Atividades Complementares


8º semestre

  • Projeto e Construção de Máquinas
  • Sistemas Hidráulicos e Pneumáticos
  • Processamento Digital de Sinais
  • Controle III
  • Metodologia Científica
  • Atividades Complementares



9º semestre

  • Vibrações Mecânicas
  • Engenharia Assistida por Computador
  • Robótica
  • Trabalho de Conclusão de Curso
  • Antropologia e Cultura
  • Atividades Complementares



10º semestre

  • Tecnologia de Comando Numérico
  • Sistemas Integrados de Manufatura
  • Planejamento, Programação e Controle da Produção
  • Gestão das Organizações
  • Simulação e Modelagem de Sistemas
  • Atividades Complementares



Engenharia Mecatrônica
Matriz 2015.2
1º SemestreC.H
Cálculo I60
Introdução a Engenharia30
Algoritmos e Programação60
Química Geral60
Comunicação Profissional80
Atividades Complementares30
Subtotal320
2º SemestreC.H
Cálculo II60
Física – Mecânica60
Linguagem de Programação60
Geometria Analítica e Álgebra Linear60
Expressão Gráfica60
Desafios Contemporâneos80
Atividades Complementares30
Subtotal410
3º SemestreC.H
Física – Eletricidade60
Mecânica dos Sólidos60
Estrutura de Dados com Orientação a Objetos60
Cálculo III60
Sistemas Digitais60
Desenvolvimento Humano e Social80
Atividades Complementares30
Subtotal410
4º SemestreC.H
Circuitos Elétricos I60
Microcontroladores e Aplicações60
Cálculo Numérico 80
Ciência e Tecnologia dos Materiais60
Cálculo IV60
Atividades Complementares30
Subtotal350
5º SemestreC.H
Eletrônica Analógica60
Fenômenos de Transporte I60
Eletromagnetismo60
Sinais e Sistemas60
Estágio180
Subtotal420
6º SemestreC.H
Controle I60
Acionamentos e Motores Elétricos60
Resistência dos Materiais I60
Redes Industriais60
Probabilidade e Estatística80
Atividades Complementares30
Subtotal350
7º SemestreC.H
Controle II60
Elementos de Máquinas e Mecanismos60
Automação e Instrumentação60
Processos de Fabricação Mecânica I60
Optativa80
Atividades Complementares30
Subtotal350
8º SemestreC.H
Projeto e Construção de Máquinas60
Sistemas Hidráulicos e Pneumáticos60
Processamento Digital de Sinais60
Controle III60
Metodologia Científica 80
Atividades Complementares30
Subtotal350
9º SemestreC.H
Automação Industrial60
Engenharia Assistida por Computador60
Robótica60
Trabalho de Conclusão de Curso30
Antropologia e Cultura80
Atividades Complementares30
Subtotal320
10º SemestreC.H
Tecnologia de Comando Numérico60
Sistemas Integrados de Manufatura60
Planejamento, Programação e Controle da Produção60
Gestão das Organizações80
Simulação e Modelagem de Sistemas30
Atividades Complementares30
Subtotal320
Total Geral do Curso3600
Resumo
Disciplinas3.120
Estágio180
Trabalho de Conclusão de Curso30
Atividades Complementares270
Total Geral do Curso3.600
Aprovada pela Resolução nº 02/2015 – CONSEPE
DETALHES

Duração: 5 anos

Turnos e Valores:

Salvador – Campus Rio Vermelho
Matutino – R$ 1.199,00 **
Vespertino – R$ 1.040,67 **
Noturno – R$ 1.199,00  **

ONDE ESTUDAR

Salvador

Prédio de Aulas 07
Rua Vieira Lopes n°02 – Rio Vermelho.
E-mail: engemecat@unifacs.br
Salvador-BA
E-mail: engemecat@unifacs.br

VEJA TAMBÉM